Siga nossas redes
CNPJ: 28.474.006/0001-10

ContaÁgil 2024 • Todos os direitos reservados

Conselho Regional de Contabilidade:

CRC/RS 007677

Responsável Técnico:

CRC/RS 065930 | Fábio Marques Pereira

Como Abrir Empresa de Design de Interiores: Pilares Essenciais

Como Abrir Empresa de Design de Interiores: Pilares Essenciais

Publicado em 30/10/2023

Descubra como abrir uma empresa de Design de interiores

Abrir sua própria empresa de design de interiores é um sonho que muitas pessoas compartilham. No entanto, entrar no mundo empreendedor requer mais do que paixão por estilos e decoração. É essencial que você siga um conjunto de passos bem definidos para estabelecer seu negócio com sucesso. Neste artigo, vamos explorar os pilares essenciais para abrir uma empresa de design de interiores.

Legalização e Registro da Empresa

Para começar, o primeiro passo é legalizar o seu negócio. Você não pode operar como um Microempreendedor Individual (MEI) na área de design de interiores, pois a Associação Brasileira de Designers de Interiores classifica a profissão como de caráter intelectual e regulamentada por lei.

O processo de abrir uma empresa de design de interiores pode parecer complexo, mas na verdade, é mais acessível do que você imagina. No entanto, requer a protocolização de documentos essenciais tanto na Junta Comercial do Estado quanto na Prefeitura da cidade em que a empresa será estabelecida.

Aqui está um passo a passo simplificado para abrir a sua empresa no modelo de Microempresa (ME), simplificando todo o procedimento:

1. Defina o nome e o modelo de negócios da empresa: O primeiro passo é decidir o nome da sua empresa e o modelo de negócios, definindo o que você pretende oferecer como designer de interiores.

2. Escolha as atividades exercidas e registre o CNAE: Selecione as atividades que sua empresa realizará e registre o Código Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). Isso ajudará a categorizar sua empresa de acordo com o tipo de serviço que oferece.

3. Escolha o seu regime tributário: Opte por um dos regimes tributários disponíveis, como o Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. Cada um tem implicações fiscais diferentes.

4. Elabore o Contrato Social: Prepare o Contrato Social, um documento importante que define as regras, direitos e obrigações dos sócios ou titulares da empresa. Esse passo pode ser crucial, especialmente se você estiver abrindo uma empresa em sociedade.

5. Separe os documentos para efetuar o registro na Junta Comercial: Compile os documentos necessários para o registro na Junta Comercial do Estado, incluindo o Contrato Social e outras documentações específicas.

6. Obtenha os alvarás de funcionamento e de localização: Garanta que você tenha os alvarás de funcionamento e de localização, permitindo que sua empresa opere de acordo com a regulamentação da cidade.

7. Inscrição Estadual e Inscrição Municipal: Dependendo do tipo de empresa (comércio ou serviço), você pode precisar de uma Inscrição Estadual ou Inscrição Municipal, respectivamente, para cumprir as obrigações fiscais em nível estadual e municipal.


Nesse processo simplificado para Microempresa (ME), é importante ter em mente que o apoio de um contador pode facilitar muito o procedimento, fornecendo orientação sobre documentos necessários e detalhes específicos, bem como orientações sobre taxas e registros. Contar com um contador pode ser um investimento que simplifica significativamente esse processo.

Abrir CNPJ Grátis sem sair de CASA!


Plano de Negócios

Um dos passos cruciais para abrir empresa de design de interiores é a criação de um plano de negócios abrangente. Este documento não é apenas uma formalidade; é o pilar que sustentará o crescimento e a direção de sua empresa. Vamos explorar como construir um plano de negócios que funcione como um guia estratégico para seu empreendimento.


Entendendo a Importância do Plano de Negócios

O plano de negócios é uma ferramenta que permite a você traçar um mapa claro para onde deseja levar sua empresa. Ele ajuda a definir metas, prioridades e as estratégias que o levarão ao sucesso. Este documento é essencial para orientar suas decisões e manter seu negócio no caminho certo.


Os Componentes Fundamentais do Plano de Negócios

  1. Descrição da Empresa: Comece descrevendo o conceito da sua empresa, sua missão, visão e valores. Isso define o propósito da sua empresa e estabelece as bases para o resto do plano.
  2. Análise de Mercado: Realize uma análise detalhada do mercado de design de interiores em sua área. Quem são seus concorrentes? Quem é seu público-alvo? Compreender o mercado ajudará você a identificar oportunidades e ameaças.
  3. Público-Alvo: Defina claramente seu público-alvo. Quem são seus clientes ideais? Quais são suas necessidades e preferências? Isso ajudará a adaptar seus serviços de acordo com as expectativas do seu público.
  4. Objetivos da Empresa: Estabeleça metas específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo. Isso fornecerá um direcionamento claro e permitirá que você avalie seu progresso ao longo do tempo.
  5. Estratégia de Divulgação: Desenvolva uma estratégia de marketing sólida. Como você planeja promover seus serviços e criar conscientização sobre sua marca? Isso pode incluir estratégias online, como o uso de mídias sociais e blogs, bem como estratégias tradicionais, como publicidade local.
  6. Estratégia de Precificação: Determine como você irá precificar seus serviços. Considere fatores como a concorrência, custos operacionais e percepção de valor pelos clientes.


Usando o Plano de Negócios como um Guia

Seu plano de negócios não deve ser um documento estático; ele deve ser dinâmico e adaptável. À medida que sua empresa cresce e evolui, atualize seu plano de negócios para refletir as mudanças e novas oportunidades. Use-o como um guia constante para tomar decisões informadas e alcançar suas metas empresariais.


Fortalecimento de Marca e
Parcerias Estratégicas

Construir parcerias estratégicas pode ser uma ferramenta poderosa para o sucesso de sua marca. Aqui estão algumas maneiras de criar colaborações valiosas:

a) Colaborações com Arquitetos e Construtoras: Estabeleça conexões com arquitetos e construtoras locais. Ao fazer isso, você pode se tornar a escolha óbvia para projetos de design de interiores em novas construções ou reformas. Parcerias com arquitetos e construtoras podem levar a projetos contínuos e, frequentemente, representam um fluxo constante de negócios.

b) Fornecedores de Móveis e Decoração: Trabalhe de perto com fornecedores de móveis e decoração. Eles podem não apenas fornecer produtos de qualidade para seus projetos, mas também encaminhar clientes em potencial para o seu negócio. Parcerias com fornecedores podem ser benéficas para ambas as partes.

c) Lojas de Móveis e Decoração: Colabore com lojas de móveis e decoração, não apenas para obter descontos em produtos, mas também para ajudar os clientes a visualizarem suas soluções em uma configuração real. As lojas podem exibir seus projetos ou fornecer recomendações aos clientes.

d) Networking Profissional: Participe de eventos, feiras e grupos de networking para conhecer outros profissionais da indústria. Isso pode resultar em colaborações e indicações valiosas. Estabelecer uma rede de contatos sólida é fundamental para o crescimento do seu negócio.

Abrir uma empresa de design de interiores envolve mais do que simplesmente criar layouts impressionantes e selecionar móveis elegantes. Requer planejamento, estratégia e um compromisso com a construção de uma marca forte.

Além disso, lembre-se de que, ao longo dessa jornada, você não está sozinho. A ContaÁgil está disponível para fornecer suporte contábil e fiscal, simplificando os aspectos burocráticos e permitindo que você se concentre no que mais importa: o design. Com parceiros confiáveis ao seu lado, seu caminho para o sucesso empresarial no mundo do design de interiores fica ainda mais promissor.

Assine nossa newsletter ☕

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.