Confira o passo a passo para a abertura de uma empresa

Empreender é o projeto de vida de muita gente, mas o processo de abertura de empresa pode ser bem desestimulante para alguns devido à burocracia envolvida. Neste post vamos conferir os passos necessários para tirar o seu negócio do papel.

Alguns quesitos que devem ser levados em consideração ao abrir o seu negócio:

  • produtos e serviços oferecidos;
  • valor do investimento;
  • localização.

Segundo o Sebrae, 29% das empresas fecham antes de conseguirem celebrar o primeiro aniversário. Vamos conhecer algumas dicas para que a sua empresa não se junte a essa estatística. Confira!

Ter um plano de negócios

Para abrir uma empresa, muitos pontos devem ser levados em consideração. Estabelecer um bom plano de negócios é o pontapé inicial. Funciona assim: suas metas já estão bem definidas e você já dispõe do valor necessário para iniciar. Só falta o planejamento. Então, para estruturar melhor todo o projeto, um plano de negócios é o ideal.

Essa ferramenta de planejamento é essencial para traçar uma perspectiva robusta do mercado, dos empreendimentos e das necessidades e opções do empresário. Proporciona suporte necessário para aqueles que ambicionam iniciar uma empresa bem fundamentada e com mais atributos para se destacar em relação aos concorrentes.

Elaborar o contrato social

A preparação desse contrato define as fatias de capital para cada um dos sócios da nova empresa. Além disso, estabelece o ramo de atuação e o modelo de funcionamento. Após esses primeiros passos, é necessário verificar se o nome da empresa está disponível para a elaboração final do documento e registro no órgão competente.

Os gestores já poderão avaliar, após o registro, se a empresa se enquadra no Simples Nacional. Esse sistema visa a redução de alíquotas de tributos e contribuição simplificada ao Fisco, em alguns casos.

Há duas principais opções para a criação de uma empresa sem sócios.

Empresário individual

Apesar de ser uma empresa formada por uma única pessoa, tal como o MEI, é um modelo diferente, já que demanda registro da Junta Comercial — e não há limite de faturamento dos MEIs.

Mas é preciso ficar atento, pois existem alguns impedimentos para essa opção, como em algumas profissões regulamentadas.

EIRELI

A modalidade Empresa Individual de Responsabilidade Limitada abrange as empresas constituídas por somente um indivíduo, detentor de 100% do capital. Nesse modelo, somente o patrimônio social da empresa será comprometido em ocorrências de dívidas — os bens pessoais são protegidos.

Registrar na junta comercial

Esse processo pode ser realizado na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas do estado. O procedimento deve ser realizado antes da obtenção do CNPJ e é fundamental no processo de legalização. A partir do registro, a empresa é oficializada.

É importante lembrar que é preciso realizar a consulta prévia para viabilizar o nome empresarial da instituição.

Solicitar o alvará de localização e funcionamento

Se o registro na junta oficializa a empresa, o alvará é a autorização final que permite a empresa finalmente abrir as portas e trabalhar. Esse alvará é obtido na prefeitura da cidade, após a comprovação de todas as condições requeridas pela lei para iniciar as atividades.

É essencial pesquisar previamente sobre as condições municipais para o seu tipo de negócio. Algumas atividades empresariais podem não ser permitidas em alguns endereços específicos.

Fazer a inscrição estadual

Alguns estados oferecem a opção de realizar a inscrição estadual pela internet. Mas, fique atento, pois em alguns casos a inscrição deve necessariamente ser feita antes da obtenção do alvará de funcionamento.

A inscrição estadual é obrigatória para empresas dos setores de indústria, comércio, energia e transporte, por exemplo. A partir desse cadastro, a empresa fica apta para as atividades acima, passando a recolher também o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Como foi possível perceber neste post, abrir um negócio envolve uma série de ações que devem ser levadas em conta para evitar surpresas durante os trâmites.

Para isso, uma instituição de credibilidade pode auxiliá-lo no processo de abertura de empresa, com a possibilidade de assessoria nos procedimentos burocráticos, como registro da empresa e obtenção do alvará, entre outros. E não demora muito: saiba que você pode abrir a sua empresa agora mesmo!

Gostou das dicas e quer saber mais? Então, visite o nosso site e conheça nosso trabalho!