MEI, você sabe o que é?

22/02/2021
MEI, você sabe o que é?

Tudo o que você precisa saber para se tornar um microempreendedor.

Por Gabriela Rodrigues

MEI, nada mais é que um microempreendedor individual, o que significa que este é um profissional autônomo. Este programa surgiu em 2008, com a Lei que determinou esse regime, Lei nº 128/08. Com isso, o empreendedor passa a ter um CNPJ e se torna uma pessoa com obrigações jurídicas e direitos de uma pessoa jurídica. 

Este profissional passa a ter facilidade em seus negócios, como abertura de contas bancárias, pedidos de empréstimos e emissão de notas fiscais.

A dúvida mais comum destes empreendedores, se dá antes mesmo de começarem a tocar seus próprios negócios. Pois para ser considerado um Microempreendedor individual, este profissional precisa estar atuando em alguma das áreas exigidas na categoria.

Benefícios do MEI

Assim como qualquer outro profissional, o MEI também tem seus benefícios como empreendedor, sendo eles:

  1. Tendo o CNPJ, o profissional poderá abrir uma conta bancária, e terá acesso a crédito, tendo juros mais baratos;
  2. Sendo um empreendedor individual, você será enquadrado no Simples Nacional, onde ficará isento de tributos federais, como PIS, IPI, Cofins, CSLL e Imposto de Renda;
  3. Direito a aposentadoria;
  4. Terá também o direito para afastamento remunerado, em casos de saúde;
  5. Para as mulheres, o direito a auxílio maternidade também estará incluído;
  6. Em caso da morte do MEI, seus familiares terão direito a um benefício. 

Como faço meu cadastro sendo MEI?

Este programa é válido em todo o Brasil, por isso, cada estado tem sua sede. Mas primeiro, é preciso acessar o site do Portal do Empreendedor, colocar sua localização, para assim achar a sede mais próxima. Sendo possível também, fazer um pré cadastro através do portal. 

Abaixo, os dados necessário para se criar o CNPJ MEI:

  1. CPF;
  2. Estar atuando em atividades selecionadas pelo MEI;
  3. Recibo da sua última declaração no imposto de renda (IRPF) ou o seu título de eleitor;
  4. Ter um número de celular ativo;
  5. CEP de onde mora, ou também, do local onde a empresa vai funcionar (lembrando que é necessário, neste caso, verificar com a prefeitura da sua cidade, se este local é apto para desempenhar tal atividade).
Microempreendedor Individual

Atividades permitidas pelo MEI

As atividades permitidas para ser um MEI, são mais de 400, dentre elas, temos cabeleireiros, fotógrafos, artesãos, mecânicos, comerciantes, eletricistas, dentre outros.  

Dicas para ser um MEI

Assim como para qualquer outra profissão, é importante conhecer um pouco mais sobre seu trabalho, procurar entender melhor suas funções, ter vontade de querer aprender mais, além de estar sempre atento às inovações do mercado, que mudam constantemente. 

Abaixo, listamos algumas dicas importantes para essa caminhada empresarial:

  1. Palestras e oficinas: procure sempre inovar e aprender mais sobre aumentar os lucros dos seus negócios, por exemplo, reduzir prejuízos, etc. 
  2. Aprender sobre empreendimentos: é importante que você saiba que tipo de atitudes se compõe o perfil de um empreendedor, interagindo com conceitos sobre finanças, mercado e o próprio empreendedorismo. 
  3. Inicie um pequeno grande negócio: iniciar um pequeno negócio, te ensinará e capacitará na preparação para futuros negócios.
  4. Curso do Microempreendedor Individual: com o curso, você conhecerá melhor suas atividades, as áreas permitidas para ser um MEI, direitos, benefícios, etc.  

Como toda jornada, o início parece difícil, mas o mundo dos negócios é grande, vale a pena investir. Além de todo conhecimento adquirido, você crescerá ainda mais no universo empreendedor.

Gostou deste conteúdo?

Confira mais abaixo:

Como Abrir Uma Empresa: As Informações Burocráticas

Quem viu esse post também curtiu estes

MEI, você sabe o que é?

MEI, você sabe o que é?

Tudo o que você precisa saber para se tornar um microempreendedor. Por Gabriela Rodrigues MEI, […]

Continue Lendo